sexta-feira, 26 de abril de 2013

A Tiz foi ao oftalmologista

O P. usou óculos de "fundo de garrafa" desde a infância até aos 29 anos, altura em que fez uma inovadora cirurgia a laser, que o libertou do "peso" que carregou tantos anos.
Sempre o ouvi falar do receio que tinha em passar esse gene a um filho.
Desde que a Tiz nasceu, ele sempre foi muito atento a todos os sinais que ela pudesse dar, que revelasse algum problema.
Desde que eu vi que ela tinha herdado os meus olhos, que lhe disse para não se preocupar, esse gene é meu e eu tenho uma visão de lince :)
Nos despistes feitos nas consultas de pediatria sempre esteve tudo bem, nesta última aos 5 anos perguntámos ao pediatra se seria melhor ela ser vista por um oftalmologista. Ele disse que não valia a pena, uma vez que estava tudo ok.
No entanto, há umas 2 semanas, a Tiz levantou-se do sofá para ver um número pequenino na televisão. Ultimamente soubemos de algumas crianças, filhas de amigos, que agora entre os 5 e os 6 anos, começaram a usar óculos.
O P. não descansou enquanto não lhe marcou uma consulta, o que aconteceu 2 dias depois.
Eu: Tiz amanhã vais ao oftalmologista.
Ela: Oftalmologista? Parece o médico das aftas, eu não tenho aftas!
:D
Felizmente está tudo excelente. Visão a 100%, sem lesões.
Eu não disse? Visão de lince :)

2 comentários:

  1. Gostei da saída das aftas lol :D

    Que continue assim :)*

    ResponderEliminar
  2. lol Eu também já levei os dois a fazer um despiste.

    ResponderEliminar