quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

O ano a começar

E eu sem tempo para nada... Tem sido extremamente difícil passar por aqui, só o conseguiria fazer roubando horas ao sono e neste momento não consigo, o cansaço é muito.
Nem parece que vim de férias... Mas com a Matilde não existem férias no verdadeiro sentido da palavra, é impossível descansar com ela por perto.
A minha mãe, que já foi operada a ambos os pulsos, chegava ao fim do dia com as mãos e braços inchados! Esta miúda tem pilhas, só pode.
Eu lá consegui ir à consulta de ginecologia (a de 1 ano após o parto, mas que foi antecipada, porque sim) e rever a minha querida dra.M, fazer análises e arranjar as sobrancelhas, um verdadeiro luxo, apenas conseguido graças à ajuda da minha sagrada mãezinha.

Todos os dias são uma correria, ao chegar a casa, jantar e banhos, a Tiz a pedir brincadeira e eu com remorsos por nunca ter tempo. Arrumar brinquedos, roupas, loiça, preparar lanches e malas para o dia a seguir, por a casa minimamente em ordem, aproveitar quando elas vão dormir para trabalhar e preparar trabalho... É uma vida louca!

O que eu queria mesmo ter em 2013, era mais tempo. Provavelmente sou eu que sou mal organizada, queria mudar isso e conseguir dedicar mais tempo às minhas meninas, mas neste momento não estou a ver maneira de isso acontecer.

Neste momento tenho precisamente em mãos, mais um motivo de ocupação, preparar o baptizado da Matilde para o dia em que ela celebra o 1º aniversário, já para o mês que vem (?!) apenas com a igreja marcada tenho muito que trabalhar...

5 comentários:

  1. Minha querida como sei do que falas.. Há uns tempos atras deixei um comentário onde me queixava disso mesmo. O Vicente não sabe estar sozinho e nem se entretém com nada a não ser a esvaziar gavetas e armários da cozinha e da sala.. É impossível ter alguma coisa arrumada. Cozinhar para 4 é dose!! Tratar da roupa de 4... Enfim.. Não há tempo que resista. E não penses que é falta de organização. Eu estou em casa e o tempo nunca me sobra. Acho que daqui a uns anos a coisa compòe-se. ;)
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho fé que sim, daqui a uns anos... mas daqui até lá, elas não matam mas moem ;)
      Beijinhos e força também para ti minha querida!

      Eliminar
  2. Como te entendo...reparei q nao comentaste mais no meu blog, se tiveres facebbok podia adicionar-te! Beijoca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, cada vez visito e comento menos os blogs que tanto gosto... Espero que seja só uma fase e que em breve consiga ter mais um bocadinho de tempo para mim.
      Sim, temos que nos encontrar no facebook... como não tens os comentários moderados, não te deixo lá o meu nome, vem tu aqui deixar o teu, que depois eu não publico o teu comentário ;)

      beijinhos*

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar