sexta-feira, 16 de julho de 2010

Dela

Se lhe digo algo que não quer ouvir, do tipo vamos para a cama, responde-me com um ar muito autoritário: "Não digas essa palavra!"

Ontem foi comigo comprar a prenda para oferecer ao pai, e expliquei-me porque é que hoje estamos de parabéns, que casámos, blá, blá, blá...
Ela virou-se para mim: "Não vais nada casar com o meu papá. O meu papá Paulo é meu!"

1 comentário:

  1. o Pai é só dela...
    porque achas que ela quer partilhar?

    beijos.

    ResponderEliminar